CAIXAS DE PANDORA
perfumes sólidos

Libertem as suas Pandoras!
A Caixa de Pandora é uma história da mitologia grega na qual a primeira mulher da terra, Pandora, criada por Hefesto e Atenas, a pedido de Zeus, recebe uma caixa ou jarro no qual estão guardadas todas as mazelas da Terra. Um dia, inconsequentemente, Pandora abre o objeto libertando todo o mal para o mundo. Essa história nunca me convenceu! Ela me soa machista e muito semelhante aos contos como de Eva, Lilith e tantas outras que ou transformam a figura feminina em um ser perverso ou em uma criatura completamente submissa. Graças, muitas acadêmicas (mulheres) vêm mudando essas incursões machistas pela História oficial e propondo outras interpretações através de estudos mais profundos junto às fontes historiográficas/ arqueológicas. Algumas acadêmicas, como Jane Harrison (séc XIX), já propuseram leituras menos patriarcais de alguns mitos, como o de Pandora, por exemplo: ela não era uma mulher traidora e sim uma deusa que encarnava a própria sabedoria da terra e carregava consigo, tudo que há no mundo, escolhendo, o humano fazer com essa sabedoria o bom ou o ruim. Pandora foi criada recebendo um pouco do ‘’élan’’ de cada deus, logo, ela detinha toda a sabedoria e a carregava em uma cabaça/ caixa chamada de boceta. Daí também já é possível supor porque a vagina é chamada por este nome (boceta) - por analogia, carrega em si todo o mal do mundo. Por isso, mulheres sentem culpa inconsciente, pois acreditam que carregam o mal em si, sentimento forjado por crenças patriarcais. Pandora não é má e sua cabaça/ caixa boceta carrega, sim, toda a sabedoria do mundo. As deusas primordiais estão gritando, através das fontes historiográficas e memórias de nossas longínquas ancestrais, que já passou da hora de reavermos toda a maravilhosa sabedoria e prazer que pulsam de nossas Pandoras!

Eu amo caixinhas e quando encontrei essas de porcelana com desenhos florais, automaticamente, a história da Pandora se fez no ar. Resolvi enche-las com perfumes sólidos de algumas flores e árvores. Uma caixinha para o coração, cheias de rosas dentro,  uma para o auto perdão e perdão, além de ótima para meditação (sândalo) e outra para o amor próprio feminino, toda de jasmim!




 

Não temos nenhum produto para mostrar no momento.

Casa Alquímica do Brasil

CNPJ: 12.312.331/0001-46
Rua do Catete, 214 - Rio de Janeiro RJ - Brasil

Entrega dos produtos em 20 dias úteis

  • Instagram Social Icon
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Pinterest

Palmira Margarida

E-mail: palmira@perfumariaancestral.com.br

Telefone: +55 11 94998 2760